21ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza

Por ASCOM / Em 08/04/2019

           


A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa na próxima quarta-feira (10) em todo o país. De acordo com o Ministério da Saúde, a imunização, este ano, foi antecipada em cerca de 15 dias em relação aos anos anteriores, quando a campanha teve início na segunda quinzena de abril.

Nesta primeira fase, serão priorizadas crianças com idade entre 1 ano e 6 anos, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). A escolha, segundo o ministério, foi feita por causa da maior vulnerabilidade do grupo.

A partir de 22 de abril, todo o público-alvo da campanha poderá receber a dose, incluindo trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.


Público Alvo

 

.Indivíduos com 60 anos de idade ou mais;

.Trabalhadores de saúde (serviços público e privado);

.Crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias);

.Gestantes (qualquer idade gestacional);

.Puérperas (até 45 dias após o parto);

.Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (necessário prescrição médica);

Categoria de risco clínico Indicações:Só nestes casos e com prescrição médica

Doença respiratória crônica: Asma em uso de corticóide inalatório ou sistêmico (Moderada ou Grave); DPOC; Bronquiectasia; Fibrose Cística; Doenças Intersticiais do pulmão; Displasia broncopulmonar; Hipertensão arterial Pulmonar; Crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade.

Doença cardíaca crônica: Doença cardíaca congênita; Hipertensão arterial sistêmica com comorbidade; Doença cardíaca isquêmica; Insuficiência cardíaca.

Doença renal crônica: Doença renal nos estágios 3,4 e 5; Síndrome nefrótica; Paciente em diálise. Doença hepática crônica Atresia biliar; Hepatites crônicas; Cirrose.

Doença neurológica crônica: Condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela doença neurológica; Considerar as necessidades clínicas individuais dos pacientes incluindo: AVC, Indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla, e condições similares; Doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular; Deficiência neurológica grave.

Diabetes: Diabetes Mellitus tipo I e tipo II em uso de medicamentos.

 Imunossupressão Imunodeficiência congênita ou adquirida Imunossupressão por doenças ou medicamentos

Obesos: Obesidade grau III.

Transplantados: Órgãos sólidos; Medula óssea.

Portadores de trissomias: Síndrome de Down, Síndrome de Klinefelter, Sídrome de Wakany ...

.População privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional ( Não é PM);  .Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;

.Professores de escolas públicas e privadas.

Vacinação se forma estratificada, priorizando no período de 10 a 19/04 as gestantes e crianças.

Receberemos vacinas por cotas.

A cobertura nos dois anos atrás esteve muito baixa e com isso a gripe Sazonal , H1N1 e H3N2 pode se instalar e pode ser fatal.

Sempre apresentar cartão de vacina e do sus para vacinação, nos postos de saúde das 7 às 15h30.             

 

Mauro Teixeira - Ascom Pádua